segunda-feira, julho 10, 2017

Desse deste jeito

Deste jeito assim antes não, não houve antes, deste jeito, em que não consigo mudar de linha, deste jeito que parece que só teus olhos são claros, que só teus cabelos são caracóis e só tua boca é... Só teus posts inquietam, só por tuas letras há ansiedade, só por teus sons, sonhos... deste jeito antes, não... nunca na história desta mortal, não, porque desta vez, é desta vez! Deste jeito antes... não, porque agora tem as frutas da tua camisa, os graus da tua lente, o fofo... porque desta vez, há coisas inexistentes  existindo,  a cabra sorri para o horizonte: rosa, de chapéu, vinil, onde os teus são os únicos claros olhos de mergulho.

Nenhum comentário:

Músculos