sexta-feira, agosto 12, 2005

Tristeza

Dificuldade de ficar sozinho consigo
As palavras escondem, o silêncio mostra
Com a cerveja passa, com a ressaca volta,
Na corrida passa, na parada volta
Durante o sono passa, no despertar volta
Na dança passa, no descanso volta
Durante o filme passa, no letreiro volta
Na leitura passa, no final do livro volta
E volta e volta e volta...
Com o tempo diminui, se enfraquece, passa...
Às vezes volta

quinta-feira, agosto 11, 2005

Hoping

Cada vez que o telefone toca, que o celular vibra, que o interfone chama...
A voz da menina do telemarketing, a mensagem da Vivo, o aviso do zelador...
Tortura, mãos geladas.

segunda-feira, agosto 08, 2005

Fracasso

Quando a onda atinge seu castelinho de areia que você achou que era tão sólido, que estava tão seguro...
A onda volta para o mar e a praia continua lá como se você nunca tivesse passado por ali, como se nunca tivesse existido nada, só restam as imagens da sua cabeça, que só você ainda pode ver, que terão a duração da sua memória, mas um dia virá outra onda e castelo não existirá mais em parte alguma.

Músculos