Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2007

Quebra

Os palhaços se foram e me deixaram perdida, triste, sem rumo e sem fé.
Sinto falta da minha fé....
Otimismo ido.
Muito barulho por nada, muito esforço pra quase nada, muita DR pra nada, muita paixão desperdiçada.
Fim sem meio, sem concretização
Nada que paira... Poeira...
Vazio onde havia superação.
Vazio onde havia palhaçada.
Vazia eu.
Oca.
Grande e oca.
Sinto falta da tia Alva.
Sinto falta de mim.

Norberto

Fim de expediente longo, desanimado, chato... De segunda deprimente
Sono e tristeza desmotivada me apertam o peito.
Saio mais cedo, sonolenta e desanimada..
No farol da Clóvis, bem na minha frente cai o Norberto da moto que foi uns metros para frente.
Norberto não consegue levantar. Eu chamo o resgate. Fazemos sinal para os carros não atropelarem Norberto.
Eu ligo para o trabalho dele. Ele continua lá caído, cheio de dor, os bombeiros chegam e eu me vou com a minha dor desanimada tão ridícula perto da do Norberto... Mais ainda perto da moça que pede esmola do lado da criança, que parece tão predestinada ao um futuro tão curto e cruel.
Eu sigo, passo no mercado para gastar o dinheiro que não tenho.
E volto para casa, ainda desanimada, mas com vergonha de tanta preguiça e depressão desmotivada, que resolvo até ler, até escrever, até estudar, até reagir.
Boa sorte Norberto!