Postagens

Amor (não discursivo)

Ama fracionado Ama profusa Ama aparecida Ama iluminada Ama colorida Ama e dança Ama arrebatada Ama e prossegue Ama feito coelho Ama correndo Ama pelo campo Ama onça Ama ultrapassada Ama quebrada Ama sem copos Ama desamarrada Ama amarra Ama de escudos Ama e procura Ama calças largas Ama chinelos velhos Ama pastel de nata Ama cadeira vazia Ama a boneca Ama no canto do quarto Ama a casa Ama o fogo Ama olhos Ama acima Ama céu Ama cinza Ama a frente Ama ipê Ama florida

(Treino: Poema com estrutura não discursiva 1 - curso Iniciação à Redação Literária, c/ Gílson Rampazzo)

Ipê (3)

Ipê cores Cores flores Flores luz Luz braços Braços árvore Árvore sol Sol troféu Troféu beijos Beijos verdes Verdes raízes Raízes caminho Caminho Ipê Ipê amarelo Amarelo ipê


(Poema com estrutura não discursiva 3 - curso Iniciação à Redação Literária, c/ Gílson Rampazzo)

Ipê (2)

Do cinza cores
Da queimada flores Do escuro luz Das pernas braços Do urbano árvores Da noite sol Da derrota troféu Da separação beijo Do seco verde Do ar raízes Da perda caminho Do concreto ipê Só em olhos moles Olhos moles de outono verde Olhos moles de inverno quente Olhos moles de primavera constante Olhos moles de veraneio Olhos moles meus De ipê florido.


(Poema com estrutura não discursiva 2 - curso Iniciação à Redação Literária, c/ Gílson Rampazzo)

Ipê (1)

Ipê cores Ipê flores Ipês luz Ipê braços Ipê árvore Ipê urbano Ipê sol Ipê troféu Ipê beijo Ipê folhas Ipês raízes Ipê caminho Ipê ipê.


(Poema com estrutura não discursiva 1 - curso Iniciação à Redação Literária, c/ Gílson Rampazzo)

Amor

Fracionado e profuso ele aparece feito as luzes coloridas da pista de dança Arrebatada, prossigo feito coelho correndo pelo campo Onça correndo me ultrapassa quebra meus copos Minhas amarras Meus escudos Procuro as calças largas os chinelos velhos o pastel de nata a cadeira vazia a boneca no canto do quarto Mas a casa... A casa pegando fogo Olhos a cima Céu cinzento Olhos a frente: Ipê florido.


(Exercício: Poema com uso de metáforas - curso Iniciação à Redação Literária, c/ Gílson Rampazzo)

Pedro

Barriga de Pedro Pedro perto Abraço Pensante Pedro Pedra Pulmão Pessoa pequena Brasa Bala Bola Bolo Pedro possante Impulsivo Bravo Brasa! Boca bonita Bico Beiço Beijo Protejo Projeto Predileto Preferido Benquisto Bendito Parte aparte Me abate Por Pedro Babo.


(Poema Aliterando P e B Exercício - curso Iniciação à Redação  Literária, c/ Gílson Rampazzo set17)

Rascunho

Desbaratada Bebia Prosseguia Apaixonada Apetecida Emputecida Pietá Preta a barba Bonita Bia Boiava Babava Aprovava Beliscava Embasbacada

(Poema Aliterando P e B Exercício - curso Iniciação à Redação  Literária, c/ Gílson Rampazzo set17)